Saci? Eu juro que vi!

Atualizado: 15 de Mar de 2019



“A pesquisa com as narrativas orais e a literatura sobre Saci Pererê iniciou em meados de 2014. O desejo de narrar as façanhas do “capetinha” surgiu de leituras, pesquisas na literatura e nas oraturas, da conversa com as pessoas, da percepção das narrativas recorrentes e da força deste personagem no imaginário social regional e nacional. Desejamos contar o Saci do ponto de vista do povo, dos causos, partimos então ao estudo da obra SACI – PERERÊ o resultado de um Inquérito, primeira obra de Monteiro Lobato publicada em 1918 a partir de uma série de depoimentos reais que Lobato propôs aos leitores do “Estadinho”, suplemento do jornal O Estado de S. Paulo, onde ele propunha que lhe enviassem cartas contando tudo o que soubessem ou tivessem ouvido falar sobre o mito do Saci-Pererê. Partindo da leitura dos relatos compilados por Lobato, iniciamos a escrita do texto do espetáculo e partimos também para outras referências literárias, cinematográficas e iconográficas. Partindo destas pesquisas, juntamente com o historiador e artista plástico Marcos Schuh, sempre parceiro na construção dos cenários e objetos dos espetáculos da Contacausos, elencamos os objetos recorrentes relacionados ao personagem para a construção do cenário, objetos de cena e figurino, tendo sempre o cuidado para que os objetos estivessem a serviço da história, construindo a ponte entre o que se vê, o que se ouve e o que se imagina.”

2 visualizações

PUXE UMA PROSA

VAMOS CONVERSAR?

E-MAIL

TELEFONES

+55 49 98407-4605 (Whats)

+55 49 3700-6273

  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon