VISAGEM

 
 

VISAGEM

As experiências com o medo, o desconhecido da noite, causos de mal assombro e visagem, relatos, crenças, modos de vida e linguagem compilados através de pesquisa e entrevistas com moradores de comunidades caboclas no oeste catarinense, ganham vozes e imagens no espetáculo que de maneira poética, procura difundir e estimular o reconhecimento das expressões da cultura popular/oral cabocla do sul do Brasil. 

Classificação: 14 anos

Duração: 45m

Ficha técnica

Concepção e narração
Josiane Geroldi

 

Direção e concepção de luz
Jefferson Bittencourt (Cia Persona de Teatro)

 

Trilha sonora
Jefferson Bittencourt (trilha original) e Essa Menina - composição de Paulo Freire

 

Dramaturgia
Jefferson Bittencourt e  Josiane Geroldi

 

Pesquisa de Dramaturgia
Cia ContaCausos

 

Tratamento de objetos de cena
Marcos Schuh

 

Fotos
Louis Radavelli

Pesquisa

Visagem é resultado do trabalho de pesquisa realizado pela Cia ContaCausos iniciado em 2008 com as narrativas orais recorrentes no oeste catarinense. As experiências, causos, relatos, crenças, modos de vida e linguagem compilados através de pesquisa e entrevistas com moradores, ganham vozes e imagens no espetáculo, que de maneira poética, procura difundir e estimular o reconhecimento das expressões da cultura popular/oral cabocla do sul do Brasil. Visagem busca acentuar a proposta do ator narrador, que constrói a cena, discurso após discurso, gesto após gesto. E convida a plateia a construir mentalmente a cena narrada, contribuindo assim para a reafirmação da arte narrativa, do exercício de construção de imagens únicas no imaginário de cada espectador.

Buscamos construir uma linguagem que servisse para potencializar o que se imagina. Em Visagem o narrador não é apenas informante, torna-se transmissor de experiências vividas ou relatadas. Esta relação interfere diretamente na construção dramatúrgica, espaço cênico e preparação do ator/narrador. Além disso, o espetáculo procura explorar as nuances das narrativas orais caboclas, sua riqueza de imagens, força, dialeto e expressões culturais, dando voz e tratamento artístico a esta etnia da região oeste catarinense. Para este trabalho, a atriz Josiane Geroldi convidou o diretor Jefferson Bittencourt da Cia Persona de Teatro de Florianópolis/SC, que pesquisa a linguagem da música e do drama, assim como o universo fantástico, desde 2001. Sua busca, como diretor, tem sido incessante por temáticas que abordam situações extremas da vida humana e suas consequências, na possibilidade que o teatro tem de vislumbrar a beleza através do espanto, da ação de estar ‘face a face’ com o horror e com o mistério.

Conheça os outros espetáculos

PUXE UMA PROSA

VAMOS CONVERSAR?

E-MAIL

TELEFONES

+55 49 98407-4605 (Whats)

+55 49 3700-6273

  • White YouTube Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon